WindowsNao

Por que não o Windows

O Microsoft Windows® funciona bem - então por que usá-lo é tão mau assim? Além de pesar no bolso, usar o Windows® prejudica sua liberdade. Aqui estão nossas quatro razões de por que evitar o Windows® e outros softwares proprietários é importante.

Licenças

O Windows® e o Office são licenciados, não vendidos - na prática isso significa que o usuário deles não é realmente o proprietário do software comprado.

Ao contrário, ao usar estes produtos somos obrigados a aceitar um número de fortes restrições: de quem pode usar o software, em qual computador, e do que pode ser feito com ele.

Estas obrigações legais são facilmente infringidas: manter o seu software quando atualiza seu hardware, ou apenas deixar seu vizinho usar seu computador, é muitas vezes ilegal.

Sem Alternativas

wincrash.png

A Microsoft trabalha duro para trancar-nos em seus produtos.

Se você quer se comunicar abertamente (o Office não pode ler ou escrever formatos abertos), garantir acesso durável ao seu próprio trabalho (os formatos nativos do Office mudam o tempo todo), ou realmente escolher seus programas (alguns nem podem ser desinstalados), os produtos da Microsoft não são para você.

Sem Código Fonte

Os códigos fontes (os detalhes de como um programa funciona) do Windows® e de softwares proprietários são segredos.

Assim, ninguém é legalmente permitido a entender como os produtos da Microsoft funcionam - isto proíbe que usuários tenham um programador para corrigir erros, ou alterar o software para suas necessidades, ou simplesmente verificar como a sua privacidade é tratada. Isto no entanto agrada à indústria de softwares de segurança, da qual a Microsoft agora é uma parte importante.

Cultura e Controle

Os três pontos acima, combinados com o uso do DRM e Trusted Computing, fazem da Microsoft um má escolha para possuir o monopólio sobre o mundo do software.

Uma cultura realmente livre exige transparência no modo como o software funciona. Ela necessita que os usuários possuam controle completo sobre os dados e a informação que adquirem. Necessita ainda que os seus colegas (e depois, seus filhos) possam ler e construir sobre seu trabalho com um software que eles escolham e confiem.

Todo software da Microsoft é proprietário, e, quer ele seja gratuito ou não, usá-lo sistematicamente exige que você entregue muitos de seus direitos e liberdades.

A boa notícia é que você não precisa aceitar os problemas e restrições acima. O Gnu/Linux (como todo software livre) foi desenvolvido especialmente por isso.

Então, o que estamos esperando? Clique aqui e faça já esta importante mudança em sua vida!

Créditos

Wikifiers: LKRaider, arlei

Data: 25/05/2007

Mantenedor: arlei

Time de Documentação do Ubuntu Brasil

GuiaIntrodutorio/WindowsNao (last edited 2011-09-19 23:20:36 by localhost)