InstalandoXgl

Instalando o Xgl

Introdução

Este tutorial explica como instalar as últimas versões do Xgl e Compiz no Ubuntu 6.06 Dapper Drake.

Instalação

Pré-requisitos

Você vai precisar de:

  1. Placa de vídeo (onboard ou offboard) suportada. (ATI, nVidia, Intel e Matrox)
  2. Drivers com suporte a aceleração 3D instalado. Veja hardware no documentação oficial de Ubuntu.

Configurando os repositórios

Você precisa ativar os repositórios universe e multiverse, e adicionar os dois repositórios seguintes. Veja AdicionandoRepositorios para saber como adicionar.

deb http://www.beerorkid.com/compiz/ dapper main
deb http://xgl.compiz.info/ dapper main

É recomendável adicionar a chave GPG do Quinn. Abra o Terminal (Aplicações -> Acessórios -> Terminal) e digite:

wget http://www.beerorkid.com/compiz/quinn.key.asc -O - | sudo apt-key add -

Agora, com os comandos a seguir, iremos atualizar a lista de repositórios e instalar as atualizações necessárias. No Terminal digite:

sudo apt-get update
sudo apt-get dist-upgrade

Instalando os pacotes requeridos

O único pacote que você precisa instalar é xserver-xgl.

sudo apt-get install xserver-xgl

Escolhendo como carregará o Xgl

Há múltiplos caminhos de rodar o Xgl. Você pode inicialmente querer testar se tudo funciona antes de fazer Xgl e Compiz sua configuração padrão. Um meio de fazer isto é rodar o Xgl como parte de sua sessão da área de trabalho. Simples quanto uma alavanca, você pode terminar aquela sessão para parar o Xgl e continuar usando o servidor X regular. O método A abaixo descreve esse caminho. O método B é sobre configurar o Xgl como o servidor X padrão inicializado pelo GDM, o Gnome Display Manager. Este é basicamente o meio o desenvolvimento que de maneira geral dá melhores resultados para o usuário por sessão da área de trabalho. Obs: Usuários do KDE devem usar o método A, enquanto usuários do Gnome podem escolher entre os dois.

Método A: Sessão Xgl na Tela de Login

Abra um terminal e crie um novo script chamado "startxgl.sh":

gksudo gedit /usr/bin/startxgl.sh

Note que /usr/bin é o lugar onde a maioria dos binários do sistema ficam instalados; /usr/local/bin ou ~/bin são usualmente considerados melhores lugares para os localmente instalados e softwares administrados localmente. Se você decidir criar um script em um desses lugares fique alerta se você precisa criar os diretórios também. Não esqueça de mudar a localização no script de acordo com o tutorial.

Para quem usa NVIDIA com Gnome

Xgl :1 -fullscreen -ac -accel xv:fbo -accel glx:pbuffer &
DISPLAY=:1
exec gnome-session

Para quem usa NVIDIA com KDE

Xgl :1 -fullscreen -ac -accel xv:fbo -accel glx:pbuffer &
DISPLAY=:1
exec startkde

Para quem usa ATI e Intel com Gnome

Xgl :1 -fullscreen -ac -accel xv:pbuffer -accel glx:pbuffer &
DISPLAY=:1
exec gnome-session

Para quem usa ATI e Intel com KDE

Xgl :1 -fullscreen -ac -accel xv:pbuffer -accel glx:pbuffer &
DISPLAY=:1
exec startkde

Salve este arquivo e feche o editor.

Faça o script executável com o seguinte comando:

sudo chmod +x /usr/bin/startxgl.sh

Agora nos iremos adicionar uma opção no gerenciador de login do Gnome para que nós possamos logar em nossa nova sessão Xgl-gnome. Crie um arquivo de sessão X assim:

gksudo gedit /usr/share/xsessions/xgl.desktop

No arquivo, copie o seguinte:

[Desktop Entry]
Encoding=UTF-8
Name=Xgl
Comment=Start an Xgl Session
Exec=/usr/bin/startxgl.sh
Icon=
Type=Application

Salve este arquivo e feche o editor.

Para logar no Xgl, encerre a sua atual sessão e da tela de login click "Opções" e "Escolher Sessão...".

Selecione "Xgl" do menu de sessões.

Quando você logar, GDM irá perguntar se você gostaria de tornar a sessão "Xgl" a sua sessão padrão. Por enquanto, escolha "Somente esta sessão".

Obs: Quando sua área de trabalho Xgl aparece a primeira vez, Gnome lhe pergunta sobre a localização das suas preferências de teclado. Escolha "Use Gnome keyboard localization" para continuar usando suas configurações usuais de teclado.

Método B: Configurando o GDM para iniciar Xgl por padrão

Agora vamos configurar o Gnome Display Manager (GDM). No terminal execute o comando abaixo:

$ sudo gedit /etc/gdm/gdm.conf-custom

Para quem usa NVIDIA

Deixe a última parte do arquivo idêntica ao exemplo a seguir:

[servers]
0=Xgl

[server-Xgl] 
name=Xgl server 
command=/usr/bin/Xgl :0 -fullscreen -ac -br -accel xv:fbo -accel glx:pbuffer -kb
flexible=true

Para quem usa ATI

Deixe a última parte do arquivo idêntica ao exemplo a seguir:

[servers]
1=Xgl

[server-Xgl] 
name=Xgl server 
command=/usr/bin/Xgl :1 -fullscreen -ac -accel xv:pbuffer -accel glx:pbuffer
flexible=true

Outras

Deixe a última parte do arquivo idêntica ao exemplo a seguir:

[servers]
0=Xgl

[server-Xgl] 
name=Xgl server 
command=/usr/bin/Xgl :0 -fullscreen -ac -accel xv:pbuffer -accel glx:pbuffer
flexible=true

Adicionando configurações ao Gconf

No terminal digite:

gconftool --set --type list --list-type string /apps/compiz/general/allscreens/options/active_plugins '[gconf,miniwin,decoration,transset,wobbly,fade,minimize,cube,rotate,zoom,scale,move,resize,place,switcher,trailfocus,water]'

Criando lançador de Compiz na área de trabalho

Crie o arquivo ~/Desktop/Compiz:

$ sudo gedit ~/Desktop/Compiz

E cole isso nele:

gnome-window-decorator &
compiz --replace $1 gconf &
xmodmap /usr/share/xmodmap/xmodmap.br

OBS: Se o seu teclado não é brasileiro (ABNT2), modifique as últimas duas letras na linha 'xmodmap /usr/share/xmodmap/xmodmap.??'. Se você precisa de US com acentos, use '.us_intl'.

Execute o arquivo:

sudo chmod +r ~/Desktop/Compiz

Reiniciando o servidor X:

Digite o comando:

$ sudo /etc/init.d/gdm restart

Isso irá reiniciar o servidor X para que seja iniciado o recém-instalado Xgl, que suporta os efeitos 3D desejados, no lugar do Xorg.

Problemas comuns:

Para quem usa NVIDIA

Tela branca ao reiniciar o servidor X:

Caso, ao reiniciar o Servidor X, aparecer uma tela branca, reinicie o computador e selecione o modo de recuperação (será necessário saber a senha do root, se não souber a senha do root, utilize um Live CD para iniciar a máquina). Abra xorg.conf com o simples comando:

Se estiver usando o live CD

$ sudo gedit /etc/X11/xorg.conf

Se estiver usando o modo de recuperação

$ sudo pico /etc/X11/xorg.conf

Acrescente na seção "Device" a linha Option "NvAGP" "0" ficando como abaixo:

Section "Device"
        Identifier      "NVIDIA GeForce FX 5200"
        Driver          "nvidia"
        BusID           "PCI:1:0:0"
        Option          "RenderAccel"           "true"
        Option          "AllowGLXWithComposite" "true"
        Option          "NvAGP" "0"
EndSection

Salve o arquivo e Reinicie o computador e o desktop em 3D estará funcionando.

Instalando o Compiz

Vamos agora para Instalando o Compiz!


CategoryDocumentacao

InstalandoXgl (last edited 2011-09-19 23:22:22 by localhost)