RemovendoPacotesDesnecessarios

Removendo Pacotes Desnecessários

Introdução

Quando recém-instalado, o Ubuntu é um sistema surpreendentemente rápido (em máquinas com recursos que possam ser aproveitados), no entanto, o tempo passa e muitos (muitos mesmo) pacotes são instalados diariamente. Muitas vezes não precisamos mais de algum pacote específico e então o removemos, no entanto suas dependências continuam lá, na maioria dos casos.

Existem também instalados no sistema pacotes que provavelmente nunca iremos usar, que é o caso dos pacotes de localização e outros idiomas. A maioria dos brasileiros se contentariam apenas com Português (Brasil), Português (Portugal) e Inglês (EUA e UK).

Com estes pacotes extras, as vezes o sistema pode se demonstrar um pouco "inchado" e até mesmo lento. É isto que vamos tentar amenizar neste tutorial!

Dica #1 - Removendo configuração residual

Alguns pacotes quando são removidos da forma usual (sem o purge ou "remover completamente") deixam para trás alguns arquivos de configuração, caso ele seja instalado novamente no futuro, não precise configura-lo de novo. No Synaptic existe um recurso que gerencia pacotes com configuração residual.

Abra o Synaptic. Na base esquerda há um quadro para seleção de pacotes por Status, selecione-o e então clique em "Configuração Residual".

Talvez você não possua pacotes com configuração residual na sua máquina, se for o caso, siga adiante até a dica número 2.

Selecione todos os pacotes desta lista a direita, clique com o botão direito e então selecione "Marcar para Remoção Completa". Isto irá remover qualquer configuração residual destes pacotes.

Dica #2 - Removendo pacotes parciais

Este é outro recurso, que infelizmente ainda não se encontra no Synaptic. Mas pode ser facilmente usado via linha de comando:

sudo apt-get autoclean

Entre com a senha e então uma lista de pacotes parcialmente baixados (provavelmente tiveram seu download cancelado) e que não serão mais utilizados será exibida. Pressione enter, e então ele removerá este pacote do seu cache.

OBS.: Preste atenção que estes não são os pacotes baixados e que estão no cache, são somente pacotes que não foram completamente baixados (talvez você tenha mudado de idéia durante o download e resolveu cancelar Smile :) )

Dica #3 - Removendo pacotes de idiomas

Para esta dica você precisará instalar o pacote localepurge, que pode ser encontrado via apt-get ou no synaptic. Ele é apenas um simples script para remover pacotes de idiomas e manpages localizadas que não estão sendo usados para salvar espaço no HD. Ele será automaticamente invocado ao término da instalação.

Uma lista de idiomas será exibida no padrão de sigla (ex.: pt_BR, en_US, fr, etc...). Você deve selecionar os idiomas que deseja manter.

Uma boa idéia é marcar os idiomas pt, pt_BR, en, en_US.

Pressione OK e então digite num terminal:

sudo localepurge

Ele exibirá uma relação do espaço que foi liberado.

Dica #4 - Removendo pacotes órfãos

Para esta dica você precisará instalar o pacote deborphan, que pode ser encontrado via apt-get ou no synaptic. Ele determina que pacotes não possuem outros pacotes que dependam dele para instalação, e lhe mostra uma lista destes pacotes. Ele é ainda mais útil ao remover bibliotecas que não estão sendo usadas ou cujo seu pacote dependente já tenha sido removido.

Para ver os pacotes órfãos, digite no terminal:

sudo deborphan

Se você concordar com o exibido, pode removê-los com o comando:

sudo deborphan | xargs sudo apt-get -y remove --purge

Existe ainda uma interface gráfica para o deborphan, chamada gtkorphan. Pode instalá-lo pelo synaptic ou apt-get e então iniciá-lo através do menu Sistema -> Administração -> Remove orphaned packages.

Ou pelo Synaptic, vá em Configurações -> Filtros e crie um novo chamado Órfãos marcando somente a opção Órfão.

Veja também

Créditos

Autor: WackToMack

Data: ??/??/2006

Local: UDSF

Wikifier: RafaelProenca

Data: 30/11/2006

Mantenedor: RafaelProenca

Time de Documentação do Ubuntu Brasil


RemovendoPacotesDesnecessarios (last edited 2011-09-19 23:18:24 by localhost)